06 junho 2011

mutante






Vejo você como quem enxerga miragem caminhando árabe sem que perceba meu olhar. Minha alma, dúbia controvérsia, silencia em ardores de outros lírios e tanto deseja do amor o altar. Estou coberta de minúcias, meticulosa digna de inveja, ando ocupada demais tentando não sentir nada. E este orgulho miserável, excelente cão de raça, não me permite falar a verdade. Em conversas públicas perco-me a dizer que amor é trabalho, depilação desnecessária, gastos e poemas ultrapassados. Bilac de mau gosto desce rude em minha garganta. Meu riso se envaidece quando digo que amor é perda dos sentidos, falha grossa de caráter e traição de cunho etílico. E digo que não tenho tempo para isto. Que a estação me basta, que sentir me castra e nada mais quero comover. Mas acontece que amor não é feito de tempo. É mutante sentimento místico, sem escrúpulos, deus de mito, a revolta de todo ser. E desconserto meu teatro quando solitária me entrego às mãos e me acaricio como se fosse você a fazer mercado em meu corpo recatado de modernidade e figurado em liberdade ilusória. E clara é a tristeza polida de minha sensatez. Sozinha eu te quero aos berros. Carente eu te quero em doses. Esquecida eu te quero a morte, de minuto a minuto, com todo o afeto ao teu desgosto.








Image by MichaelShapcott

5 comentários:

Roberto Borati disse...

muito, muito bom!

gostei demais!

essa é a letícia palmeira!

Sonhadora disse...

*-*

Perfect!

NDORETTO disse...

Amor e literatura. Ambos não têm escrúpulos. Você já viu alguém amar comportadinho? Feliz e comedido? Eu nunca vi.
Lindão o texto !!! :)(medida certa da dor)

Bjs
Neusa

♥ κєκєl ♥ disse...

AH O AMOR...QUE IMENSIDÃO DE SENTIMENTOS ENTENDIDOS E AO MESMO TEMPO CONFUSOS...O IMPORTANTE É VIVE-LO SEM MEDO.

PASSANDO TB PARA DIVULGAR UM TRABALHO EDUCACIONAL


Olá
Você sabia que LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais), que é o idioma em que os surdos se comunicam, é a segunda língua oficial do Brasil?

Com objetivo de expandir a língua de sinais um grupo de professores e alunos da escola Lauro Müller em Florianópolis criou o BLOG VEJO VOZES e por conta disso estamos aqui lhe convidando para fazer parte da nossa história.

Se você entende que nosso país precisa de educação com qualidade e que a inclusão é um direito de todos, venha nos conhecer. O endereço é:

http://eeblmlibras.blogspot.com/

Abraços fraternos

Zélia disse...

Outro "muito gostei"! Amor é meio isso, meio aquilo. É o que a gente faz dele. É o que o outro faz com o nosso amor. Lembro de Bono quando ele diz:

"One love, it leaves you, baby, if you don't care for it..."

É assim mesmo. Amor incondicional só acontece durante um tempo. O amor é como uma planta, precisa ser regado.

:D (Cara de tacho)